Viver no agora

Em 17.09.2014   Arquivado em Desafios, Espiritual, Pessoal
 

Há alguns posts atrás eu falei sobre o Desafio dos 21 dias de gratidão e neste post eu citei os vídeos e o canal da Flávia Melissa no youtube.

   Eu simplesmente adoro a Flávia e os seus vídeos. Ela é uma pessoa muito inspiradora e eu recomendo mais uma vez que vocês assistam e acompanhem o canal dela no youtube. Mais uma vez ela me ajudou a pensar sobre meus problemas, desta vez com o seu último vídeo publicado que fala sobre o viver no agora.
Minha mãe sempre, sempre me falou sobre como eu deveria viver no agora, porque minha mãe é minha mãe e ela me conhece muito bem. Bem, eu sempre ouvia que ela me dizia isso, mas não caía minha ficha, eu não conseguia mudar. E então eu comecei a acompanhar os vídeos da Flávia, que também dizia a mesma coisa sobre o viver no agora, exatamente como a minha mãe já havia me dito tantas outras vezes.

    Filosofia de vida

      Acho que a somatória do que minha mãe me falava (e ainda me fala), mais os vídeos da Flávia e mais a minha força de vontade de mudar que aumentou durante esse ano me fizeram assimilar melhor o viver agora. E outra peça chave que me ajudou a filosofar sobre o assunto foi o livro “O Poder do Agora” do Eckhart Tolle (que por acaso eu super recomendo). Desde então eu venho tentando praticar o viver no presente.
    Eu sou uma pessoa que há muito estou ansiosa (sim, estou e não “sou”, porque eu não nasci assim). Eu estou perfeccionista, ansiosa, nervosa, e isso são características de pessoas que nunca ou raramente estão no presente. Aplicar esta “filosofia de vida” de estar sempre presente pode parecer fácil, mas não é. A maioria das pessoas sempre está perdida em pensamentos passados ou imaginando como serão as coisas no futuro, mas raramente essas pessoas estão no presente, no agora.

    Dando a volta por cima

Logo que comecei a praticar o estar presente eu senti uma diferença incrível e espetacular que mudou minha forma de enxergar o mundo enquanto eu a praticava. As coisas pareciam tão mais nítidas, tão mais bonitas!!!

“Por que ela está falando no passado”, você deve estar se perguntando… Acontece que eu não consegui praticar durante muito tempo o estar presente. Quando vi lá estava eu de novo viajando com a minha mente para tudo que era lugar e não fixa no agora como deveria estar. Aí começaram a surgir os situações difíceis do dia-a-dia, os acúmulos de tarefas do cotidiano, os planejamentos para o futuro, os acontecimentos passados…Aí o presente foi para o beléleu.
Até que essa semana eu vi que a Flávia postou esse vídeo novo chamado “Sobre o tesouro que é viver no agora: Você consegue?”. Então eu lembrei que eu havia me comprometido em viver no agora e que eu tenho que ter perseverança. É difícil? É. Mas eu não posso desistir agora. As coisas parecem muitas vezes estar no fundo do poço, mas nós temos que ser persistentes e dar a volta por cima!
Eu posso tentar, umas, duas, três vezes, mas pode ser que só lá na quarta vez eu consiga viver no momento presente. É um caminho árduo, mas gratificante. E viver no agora, no presente é uma dos melhores conselhos que nós devemos seguir. Viver no presente é uma das maiores dádivas, é aceitar os desafios que a vida nos trás, aprender com eles e seguir em frente, é viver a vida plenamente e ser feliz.Então eu te pergunto. Você consegue viver no presente?
Eu ainda não desisti! Vamos tentar juntos mais uma vez?

 Namastê! 🙂

 

CommentLuv badge

Clique para subir