Resenha do livro “Até o fim da queda” de Ivan Mizanzuk (Editora Draco)

Em 30.06.2017   Arquivado em Destaque, Resenha
 Até o fim da queda
Até o fim da queda
Autor (a): Ivan Mizanzuk
Editora: Draco
Páginas: 244
Ano: 2014
Amazon | Submarino
Hoje trago para vocês a resenha de  “Até o fim da queda“,  livro publicado no ano de 2014 pelo autor brasileiro Ivan Mizanzuk. Este livro foi concedido em versão digital pela Editora Draco por meio da parceria do blog com a mesma (Para saber como funciona esta parceria leia este post).
 Dentro do universo ficcional do personagem Daniel Farias, é publicado um livro baseada num fato ocorrido no passado. Este é o ponto central da obra “Até o fim da queda” escrito por Ivan Mizan.

O misterioso suicídio coletivo de 7 jovens que ocorreu no ano de 1993 é o fato que ocorre no passado do universo ficcional.

Daniel Farias pesquisa sobre uma ordem secreta que opera pelo nome de “Dragão Vermelho, cujas origens remontariam a um exorcismo ocorrido no século XVI, na Espanha. Sua pesquisa tem como intuito mostrar que esta ordem estaria conectada ao suicídio coletivo de 1993.

O lançamento do seu livro ficcional que remonta à este fato, é um sucesso, mas há rumores de que muitas pessoas estariam se matando ao ler seu novo Best-Seller.

Em “Até o fim da queda”, acompanhamos as entrevistas feitas com Daniel Farias, após o lançamento do seu livro e as indagações feitas a ele sobre as possíveis mortes associadas a sua obra. Para além disso, mergulharmos nas próprias pesquisas que ele fez no seu processo de escrita.

Este livro é bem diferente do que eu estava esperando quando li a sinopse. Pensei que leria o livro que Daniel Farias, escreveu no mundo ficcional ou algo do gênero. Mas não esperava que fosse sobre o processo de escrita e as pesquisas do personagem para publicação da sua obra, ou sobre as suas entrevistas, acontecimentos e reações das pessoas sobre seu livro.

“Até o fim da queda” não possui uma narrativa com a qual a maioria das pessoas está acostumada. A linha narrativa é bastante fragmentada, como se fosse a junção de vários retalhos. Um bom exemplo disso, é uma entrevista que o personagem Daniel Farias concede para uma jornalista na televisão.  O restante transita por entre transcrições de notícias de jornais, áudios, cartas e imagens.

Por mais que seja diferente, não significa que seja negativa. O autor Mizanzuk consegue escrever de maneira fluente, tornando a leitura fácil e interessante.

Outro ponto diferente e interessante de citar, é a forma que o escritor utiliza para tornar a história mais real e ativar ainda mais a nossa imaginação. São usadas fotografias reais de pessoas para dar nome aos personagens, além de gravuras referentes às pesquisas apresentadas no livro do personagem Daniel Farias.

Quando lemos o livro e vemos as entrevistas e conversas de Daniel Farias, não temos muita certeza sobre seu caráter. Não sabemos se ele se importa realmente com as pessoas que se suicidaram e se acredita que o tenham feito por conta de sua obra, ou se ele está satisfeito com o sucesso do seu livro, independente dele ter se tornado um Best Seller em consequência da repercussão negativa que se espalhou sobre ele.

“Até o fim da queda” é classificado como “terror”, mas para mim, me parece como um livro de suspense com um quê investigativo. Certamente há “itens” que se encaixam na temática terror, mas ainda assim acredito que este termo não é o melhor ou o mais apropriado. Talvez por ser classificado assim e pela sinopse oficial apresentada, acabamos esperando algo do livro diferente da proposta original, o que pode incomodar ao longo da leitura. Mas se você tiver consciência da proposta real do livro, acredito que a leitura vai ser ainda melhor e mais completa.

Eu fico no aguardo de que o autor escreva um livro que seja “O” livro que o personagem Daniel Farias publicou na história e que levantou tantas polêmicas. Acho que seria muito interessante saber como a história foi contada e ser capaz de entender porque afetou tantos jovens. Eu ficaria interessada em comprar.

 

 

CommentLuv badge

Clique para subir