O poder das palavras

Em 01.10.2014   Arquivado em Espiritual, Pessoal
Terry Johnston via Flickr
    Vocês provavelmente já me viram falar aqui que eu “estou nervosa” que eu “estou ansiosa” ao invés de dizer “eu sou nervosa” ou eu sou isso ou sou aquilo. Isso tudo porque eu acredito no poder das palavras. Eu não estou falando de nada divino não, é simplesmente porque quando nós dizemos:
  • Ah, eu não consigo fazer isso,
  • Eu não sou capaz de ter sucesso,
  • Eu não posso alcançar a felicidade,
  • Eu sou doente,
  • Eu sou estressada,
  • Eu sou nervosa, 
  • Eu sou isso, eu sou aquilo, 
  • Não posso isso, não posso aquilo…
    Dentre MUITAS outras frases, pode ter certeza, mas certeza que as chances de que tudo isso que você afirma se tornem reais vão aumentar drasticamente.Sabe por que? Porque você acaba acreditando nessas palavras! Elas penetram no seu ser de uma forma que começam realmente a fazer parte do seu universo! Não, minto! VOCÊ acredita que elas fazem parte do seu universo! E o pior, não é só você não, as pessoas ao seu redor também acreditam, e elas acreditam fielmente e acabam por apenas te enxergar dessa forma.
    Isso é real, aconteceu/acontece comigo! Eu sempre fui uma pessoa que usava esse tipo de afirmação, mas hoje em dia é que estou tentando mudar. Não mudei completamente, na verdade mudei bem pouco, mas já tomei consciência. As mudanças mínimas podem não ser percebidas pela maioria, mas sim, olhe lá, faz muita diferença! É preciso começar de algum lugar, certo?


    A parte interessante disso, é que apesar de eu ter mudado essa minha forma de pensar, as pessoas não mudaram a forma que elas me enxergam. Eu ainda “sou” aquela pessoa ansiosa na cabeça delas, apesar de que na minha eu apenas “estou” ansiosa. Mas o que importa e neste instante é você e não o outro. A opinião do outro reflete o que nós realmente somos? Não mesmo. Na hora certa eles irão perceber como “somos” e não como “estávamos”. 
    E bem, de um tempo para cá que eu mudei esse meu pensamento eu realmente notei essa mudança dentro de mim. Dificilmente estou me sentido ansiosa e nervosa da maneira como eu me sentia antes. Claro, eu tive outros tipos de ajuda, mas a maior ajuda é aquela que vem de dentro, é aquela que é CONSCIENTE.Seja consciente do que você pensa e fala. Não deixe que os outros coloquem as palavras dentro de você e nem que seu lado negativo faça o mesmo.
    Nós somos capazes de mudar sim, por pequenos passos, mas passos esses que nos levarão longe e nos farão ter uma vida cada vez melhor e feliz da qual nos orgulhamos e nem tenhamos que pensar uma sequer vez em falar positivamente: Eu posso, eu consigo! 

   Gabriela Toutonje Mitozo

 

CommentLuv badge

Clique para subir