Categoria "Pessoal"

Photoshoot: Miniaturas

Em 06.12.2014   Arquivado em Fotografia, Pessoal
    Esses dias eu estava no meu quarto olhando minhas coisas quando percebi que tinha um monte de objetos e coisinhas em miniatura. Eu fiquei com vontade de tirar fotos e acabou que essa série de fotos (photoshoot) virou esse post aqui no blog 🙂 
    Acho que essa foi minha primeira mianiatura em relação a música. É de pedra sabão! Comprei em Minas Gerais em 2008 numa excursão de estudos com a escola quando eu estava na oitava série. Pode ver que já está bem velhinho… até já quebrou uma vez e eu remendei com cola mil rs

 

    Esses outros dois de cima eu comprei em Porto Seguro em 2011 quando fui passar as férias de julho com a minha família! 

    Esse eu comprei no meu intercâmbio de 2011 em Córdoba, na Argentina! Tinham vááários bonequinhos desse estilo numa feirinha. 
    A estátua da liberdade eu não comprei, eu achei no chão, no meio da rua :O Peguei, lavei e guardei pra mim.  

 

     O violão e o violino eu comprei numa revista que a cada edição vem com um instrumento musical. Eu queria comprar a coleção inteira, mas acabei comprando só esses dois… Isso porque se eu comprasse toda a coleção eu ia falir D: A revista custa uns R$20,00 ou R$30,00 se não me engano, e tem muiiiiitos números. Não ia rolar rs Só se um dia eu encontrar o piano à venda eu compro também. 

     E a cabine minha mãe e meu pai trouxeram de Londres para mim quando eles viajaram de férias em 2013 *-*

    Acho que vocês perceberam que eu tenho muito mais coisa relacionada a música rs Ontem mesmo fui ao centro e já encontrei outras miniaturas e fiquei com vontade de comprar … *-* Vou ter que voltar lá um dia desses hihi E vocês? Têm alguma miniatura? Têm outro tipo de coleção?  Essa foi a minha! Espero que tenham gostado!

Concurso entre blogueiras – 2º Lugar

Em 04.12.2014   Arquivado em Desafios, Pessoal

    Hoje eu entrei no blog da Katiely Coutinho e me deparei com a postagem das finalistas do concurso e eu fiquei tão feliz em ver que fiquei em segundo lugar *-*  Obrigada aos meus amigos, famílias e outras pessoas que votaram em mim <3
    Queria agradecer também de coração a Katiely pela oportunidade de participar do concurso! E queria parabenizar a todas as meninas que participaram, foi divertido escrever as postagens e  também ler a de vocês^^ Parabenizo também a Suzanne do blog Casal Casado e a Giovanna Vargas do blog Rainbow of Unicorns que ficaram respectivamente em primeiro e terceiro lugar, vocês merecem 🙂 
    Me senti agora num programa ou numa premiação onde eu subo no palco e agradeço as pessoas hahaha Sensação boa hihi
    Mas também queria falar para os leitores que vou tentar atualizar mais o blog agora que estou de férias e vou me organizar para que as postagens fiquem mais periódicas ano que vem do que foram este ano. Ainda mais por 2015 ser o ano do meu TCC vou ter que me organizar legal para atualizar pois gosto muito da experiência de escrever aqui.
   Fiquem de olho no blog das meninas que citei aqui na postagem, todos são ótimos e aconselho a visita !
    Provavelmente ainda hoje escrevo outra postagem com ideias novas que tenho aqui 
beijão a todas e sejam sempre bem vindos ao blog 🙂 

O blog

Em 10.11.2014   Arquivado em Desafios, Pessoal
Thomas Hawk via Flickr

    Boa noite leitores e blogueiros do mundo! Pra quem ainda não me conhece, eu me chamo Gabriela Toutonje Mitozo, tenho 20 anos e curso bacharelado em piano na faculdade. Se quiserem ainda saber um pouquinho mais de mim vocês podem visitar a página especial sobre mim.
    Eu aaamo de paixão música, literatura, cinema e artes em geral 🙂 A necessidade de abrir este blog veio com a minha vontade de escrever. A verdade é que desde sempre eu amo escrever, mas com a faculdade e tudo mais eu passei a deixar esse meu amor pela escrita de lado. Triste, mas real. Na verdade até um pouquiinho antes de entrar na facul eu percebi que eu comecei a tentar controlar tudo que eu escrevia, a imaginação na rolava solta. 
    Por isso o blog. Quero escrever por prazer e não por obrigação. Quero escrever o que vier a minha mente. Então para quem é novo aqui, eu gosto de falar de tudo um pouco. Eu posso estar caminhando e um assunto surge…BANG. Eu posso estar passando por algum momento da minha vida e eu sinto a necessidade de me expressar ? BANG.  Mas apesar de ser um blog com ideias e posts bem abertos eu já percebi com estes quase 4 meses de blog (aniversário de 4 meses é agora dia 15) que eu gosto muito de escrever sobre assuntos pessoais, mas assuntos que possam ser de interesse a alguém no sentido de que possa fazer com que alguém se identifique com o que eu digo. Assuntos como humor, ansiedade e escolhas da vida. 

Exemplos de postagens que eu mais gostei de fazer ultimamente: 

    * O poder das palavras
    * O amor é cego?
    * Viver no agora

    Atualmente estou muito feliz porque eu estou participando de um concurso entre blogueiras do blog Katiely Coutinho. É o primeiro concurso do blog Memórias e Quimeras e eu estou super feliz de participar!!! Eu fiquei tão emocionada de ter conseguido chegar até o top 5 do concurso ! Conto com o apoio de vocês para continuar firme e forte até o fim do concurso *-* 

    O que eu gostei no concurso da Katiely é que ele foi bem aberto, abrangendo a blogosfera inteira, sem se limitar a um tipo de blogueira ou blog. E o mais legal é que tivemos que escrever postagens, com temas limitados Mas limitados entre aspas, porque eram mais palavras que serviram de inspiração para encher nossos cantinhos com mais e mais palavras para vocês leitores <3 
    Queria muito continuar no concurso pelo simples fato de que eu gosto de escrever e o concurso me fez alimentar essa vontade mesmo estando no final do semestre da facul. Mas está aí certo ? Era essa a finalidade inicial do meu blog, escrever mesmo com a facul 🙂 O concurso está me ajudando nisso, porque como vocês podem perceber, dessa vez eu demorei um pouquinho mais entre uma postagem e outra. Acredito que eu mereço continuar aqui lutando pelo concurso porque agora mesmo enquanto escrevo, o meu piano está ligado lá na sala me esperando voltar e minha animação de motion graphics está pela metade, mas ainda assim estou aqui, deixando meus dedos e minha mente rolarem soltos, fluindo como um rio 🙂 

    Erin Kohlenberg via Flickr

    A verdade é que já faz um tempo que eu queria ter escrito esta postagem, falar um pouco também sobre o título do blog… Muita gente pode vir aqui e se perguntar. por que Memórias e Quimeras ? Por que ela escolheu esse título ? 

    Eu demorei para conseguir achar um bom título. Eu queria algo que dissesse que eu falaria sobre coisas reais, ideias, notícias que aglomerassem basicamente o real, que seriam as memórias. Já o outro lado seria os sonhos, os desejos, o irreal, representando as quimeras. Na verdade quem me ajudou a escolher esse nome foi a minha mãe! Eu tinha uma ideia de que queria que essas duas “características” , o sonho e a realidade, estivessem no título do meu blog, mas nenhum nome nome que eu pensava ficava bom. Então apareceu a minha mãe com “Memórias e Quimeras”.
    E eu fiquei : ♫ BANG, BANG, bangity, bang! I said bang, bang, bangity bang! ♫ hauahudha
    Musiquinha abaixo para você cantar junto ;D

   Então mais uma vez sejam bem vindos ao meu blog para aqueles que já me visitam e boas vindas aos novos visitantes, pode ter certeza que eu vou cantar e fazer a dancinha acima com o comentário de vocês <3 

Amigo secreto

Em 17.10.2014   Arquivado em Pessoal

Rina Laxa via Flickr
  Provavelmente alguma vez na sua vida você já deve ter participado de algum amigo secreto, amigolate, amigochocolate, o que seja… Como foram seus presentes? O que você ganhou correspondia com as suas expectativas? Você deu um presente melhor do que o você recebeu? AMIGA(O) VOCÊ NÃO ESTÁ SOZINHA(O)!
    Deixa eu te contar…
   Quando eu estava na quarta-série do ensino fundamental, eu participei de um amigo secreto… E adivinha o que eu ganhei? Uma caneta colorida usada, praticamente sem tinta!!! É isso aí, você não leu errado rs
   Nossa, eu fiquei muito decepcionada, ainda mais porque foi uma colega que me deu isso e eu vi quando ela trocou os presentes. Ela tinha comprado um chaveiro e de última hora decidiu trocar por uma caneta que ela tinha no estojo (chora). Mas esse amigo secreto foi daqueles em que a pessoa que você vai presentear só é só sorteada na hora (ou seja, o presente tem que ser unissex). Por isso um pontinho minúsculo positivo pra ela porque ela não sabia que o presente ia cair pra mim hahaha
   Essa foto abaixo representa eu triste com o presente e a pessoa fingindo que nada aconteceu hahaha
Donnie Ray Jones via Flickr
   Mas pior do que isso foi o meu irmão… Eita. Eu acho que eu ainda não era nascida, mas meus pais e meu irmão contam essa história. Ele ganhou uma caneta BIC, MORDIDA!!! É pra chorar. Coitado. Ele ainda era mais novo que eu quando ganhei a caneta na quarta-série haha
   Então durante algum tempo eu acreditei firmemente que a nossa família tinha a praga da caneta, apesar de ter ocorrido apenas duas vezes. Mas também nunca tinha ganho um presente realmente bom que pudesse vir a mudar minha opinião sobre amigo secreto.
  Toda vez que alguém falava sobre fazer um amigo secreto ou amigolate eu já ficava meio entristecida e como medo de participar 😛 Até que as coisas mudaram e os ventos da sorte começaram a soprar a meu favor !

A sorte a meu favor

JD Hancock via Flickr
   Ganhei em alguma série do ensino fundamental, num amigolate, talvez 6ª série, uma pacote de chocolates deliciosos *-* Eu não me lembro o nome deles, mas eles tinham a forma do chocolate sonho de valsa, mas eles eram envoltos por um papel azul, e dentro eles eram pretos e tinham na cobertura uns enfeites de chocolate branco. Se alguém souber o nome, pode dizer! Depois disso, não me lembro quando, ganhei uma agendinha fofa *-*
    Mas por último e melhor foi o que eu ganhei no terceirão em 2011! Na verdade foi o último amigo secreto que eu participei, se não me engano.
    Eu ganhei um livro e um CD!!! Tipo, oi? Eu ganhei dois presentes fabulosos! O CD foi o Brand New Eyes do Paramore e o livro foi Ponto de Impacto do Dan Brown ! Nossa, eu queria ter dado um beijo no menino que me deu isso. Obrigado, Lucas, eu não sei onde você está agora no mundo, mas obrigada ! (:
     
Neal Fowler via Flickr
   Apesar de eu não ter mais ganho coisas ruins eu vi pessoas dando coisas ruins hahah Meu amigo anônimos querido e lindo sabe que foi meio sacana (te amo viu?) mas deu um Panetone ou foi chocotone? pro seu amigo secreto. Se fosse comigo, eu teria ficado chateada huahdsuha
   Mas eu cheguei a uma conclusão, os presentes dos amigos secretos foram melhorando porque de algum lugar do mundo surgiu a ideia de se fazer listas com ideias do que seu amigo secreto podia lhe presentear. A partir daí acho que as pessoas se mantiveram o máximo possível dentro das listas.
   Mas e vocês? Quais são suas histórias sobre amigo secreto? Já tiveram alguma cilada? Já fizeram alguma cilada com alguém ? rs

O poder das palavras

Em 01.10.2014   Arquivado em Espiritual, Pessoal
Terry Johnston via Flickr
    Vocês provavelmente já me viram falar aqui que eu “estou nervosa” que eu “estou ansiosa” ao invés de dizer “eu sou nervosa” ou eu sou isso ou sou aquilo. Isso tudo porque eu acredito no poder das palavras. Eu não estou falando de nada divino não, é simplesmente porque quando nós dizemos:
  • Ah, eu não consigo fazer isso,
  • Eu não sou capaz de ter sucesso,
  • Eu não posso alcançar a felicidade,
  • Eu sou doente,
  • Eu sou estressada,
  • Eu sou nervosa, 
  • Eu sou isso, eu sou aquilo, 
  • Não posso isso, não posso aquilo…
    Dentre MUITAS outras frases, pode ter certeza, mas certeza que as chances de que tudo isso que você afirma se tornem reais vão aumentar drasticamente.Sabe por que? Porque você acaba acreditando nessas palavras! Elas penetram no seu ser de uma forma que começam realmente a fazer parte do seu universo! Não, minto! VOCÊ acredita que elas fazem parte do seu universo! E o pior, não é só você não, as pessoas ao seu redor também acreditam, e elas acreditam fielmente e acabam por apenas te enxergar dessa forma.
    Isso é real, aconteceu/acontece comigo! Eu sempre fui uma pessoa que usava esse tipo de afirmação, mas hoje em dia é que estou tentando mudar. Não mudei completamente, na verdade mudei bem pouco, mas já tomei consciência. As mudanças mínimas podem não ser percebidas pela maioria, mas sim, olhe lá, faz muita diferença! É preciso começar de algum lugar, certo?


    A parte interessante disso, é que apesar de eu ter mudado essa minha forma de pensar, as pessoas não mudaram a forma que elas me enxergam. Eu ainda “sou” aquela pessoa ansiosa na cabeça delas, apesar de que na minha eu apenas “estou” ansiosa. Mas o que importa e neste instante é você e não o outro. A opinião do outro reflete o que nós realmente somos? Não mesmo. Na hora certa eles irão perceber como “somos” e não como “estávamos”. 
    E bem, de um tempo para cá que eu mudei esse meu pensamento eu realmente notei essa mudança dentro de mim. Dificilmente estou me sentido ansiosa e nervosa da maneira como eu me sentia antes. Claro, eu tive outros tipos de ajuda, mas a maior ajuda é aquela que vem de dentro, é aquela que é CONSCIENTE.Seja consciente do que você pensa e fala. Não deixe que os outros coloquem as palavras dentro de você e nem que seu lado negativo faça o mesmo.
    Nós somos capazes de mudar sim, por pequenos passos, mas passos esses que nos levarão longe e nos farão ter uma vida cada vez melhor e feliz da qual nos orgulhamos e nem tenhamos que pensar uma sequer vez em falar positivamente: Eu posso, eu consigo! 

   Gabriela Toutonje Mitozo
Página 4 de 512345
Clique para subir